sexta-feira, 28 de março de 2014

Em jogo polêmico, B36 e Víkingur empatam

Num jogo polêmico (raridade nas Ilhas Faroe), B36 e Víkingur empataram por 2 a 2 em Tórshavn.

Os donos da casa saíram na frente aos 12', cobrança de falta e bola na cabeça do atacante nigeriano Adeshina Lawal. Mas a alegria durou pouco, logo aos 13' a equipe sofreu o empate. Também através de uma cobrança de falta, mas a bola foi colocada na rede pelo zagueiro Símun Joensen, gol contra.

Pouco tempo depois, o árbitro marcou um pênalti duvidoso para os visitantes. Cobrança de pênalti do experiente Súni Olsen, que marcou contra sua ex-equipe e colocou sua equipe na frente aos 18'.

No fim do jogo, o B36 foi pra pressão total e o árbitro viu um pênalti, também muito contestado. Jákup á Borg bateu e salvou seu time da derrota aos 94'.

B36 2-2 Víkingur
Estádio: Gundadalur, Tórshavn
Público: 600
Gols: Adeshina Lawal 12' (1-0), Símun Joensen 13' contra (1-1), Súni Olsen 18' de pênalti (1-2) e Jákup á Borg 94' de pênalti (2-2).

Estatísticas: Faroe Soccer

Nenhum comentário:

Postar um comentário