sábado, 31 de março de 2018

Seleção feminina convocada para o jogo contra a Islândia

Foto: FSF
O técnico Pætur Clementsen convocou 20 jogadoras para a partida contra a Islândia pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2019. O jogo será em Tórshavn no dia 10 de abril.

Goleiras
Monika Biskopstø, AaB (Dinamarca)
Jóna Nicolajsen, B36

Defensoras
Birita Nielsen, B68
Arnborg Lervig, ÍF/Víkingur
Katrina Akursmørk, KÍ
Rebekka Danielsen, Forus og Gausel (Noruega)
Guðrið Poulsen, EBS/Skála

Meio-campistas
Birna Mikkelsen, EBS/Skála
Lív Arge, Farum BK/FC Nordsjælland (Dinamarca)
Ansy Sevdal Jakobsen, EBS/Skála
Eyðvør Klakstein, Mislata CF (Espanha)
Olga Kristina Hansen, BSF (Dinamarca)
Ásla Johannesen, Farum BK/FC Nordsjælland (Dinamarca)
Evy á Lakjuni, KÍ
Jacoba Langgaard, ÍF/Víkingur

Atacantes
Heidi Sevdal, HB
Rannvá Andreasen, KÍ
Milja Simonsen, HB
Margunn Lindholm, EBS/Skála
Hanna Højgaard, ÍF/Víkingur

Todas as seis equipes da Betri deildin kvinnur estão representadas na convocação, que tem seis jogadoras que atuam por clubes do exterior. Acho que a seleção feminina nunca teve tantas jogadoras que jogam em clubes de fora das Ilhas Faroe.

Nas eliminatórias as Ilhas Faroe são as últimas do grupo 5, que também tem Alemanha, República Tcheca e Eslovênia. A kvinnulandsliðið vem de 4 derrotas: 0-8 para a República Tcheca em Tórshavn no dia 14 de setembro, 0-8 para a Islândia em Reykjavík no dia 18 do mesmo mês, 0-11 para a Alemanha em Aspach em 24 de outubro e 0-5 para a Eslovênia em Ajdovščina no dia 24 do mês seguinte.

As primeiras de cada grupo (são sete) se classificam diretamente para a Copa, enquanto as quatro melhores segundas têm que disputar um play-off para definir a última representante europeia.

Seleção sub-17 convocada para disputa de minitorneio na Irlanda do Norte

Foto: FSF
O técnico Thomas Thinggaard anunciou ainda no dia 16 a convocação da seleção sub-17. Foram 18 jogadores chamados para a disputa de um minitorneio de desenvolvimento promovido pela UEFA.

Os jogadores são:
Dánial Danielsen, NSÍ
Súni Hansen, NSÍ
Meinhard Janusarson, NSÍ
Leivur Guttesen, HB
Tórur Joensen, HB
Ári Arge, HB
Noah Mneney, ÍF
Olaf Hansen, KÍ
Børge Petersen, KÍ
Aleks Jacobsen, KÍ
Ingolf Tvørfoss, Víkingur
Bergur Poulsen, Víkingur
Eyðbjørn Østergaard, B36
Jónas Warner, B36
Kristian Hentze, B36
Jens Erik Bruhn, TB/FCS/Royn
Mikkjal Hellisá, EB/Streymur
Gulak Jacobsen, SønderjyskE (Dinamarca)

As partidas serão disputadas na Irlanda do Norte nos dias 4, 6 e 8 de abril contra Luxemburgo, Kosovo e Irlanda do Norte, respectivamente.

As Ilhas Faroe disputarão as eliminatórias do Euro sub-17 de 2019 no mês de outubro. Os faroeses estão no grupo 4 com Espanha, Israel e Macedônia.

sexta-feira, 30 de março de 2018

Ásla Johannesen marca duas vezes em sua estreia pelo Farum BK/FCN

Imagem: Reprodução FCN TV
A faroesa Ásla Johannesen, ex-B36, estreou pelo Farum BK/FC Nordsjælland com dois gols, marcados na vitória por 3 a 1 sobre o Østerbro IF pela terceira divisão dinamarquesa.

O Farum BK/FCN também conta com outra faroesa em seu elenco: Lív Arge, ex-jogadora do HB.

Os gols podem ser vistos no vídeo abaixo:

Seleção sub-21 perde para a Geórgia fora de casa

Os titulares no jogo contra a Geórgia.
Foto: Eli Hentze
A seleção masculina sub-21 foi derrotada pela Geórgia em Tbilisi em jogo válido pelas eliminatórias do Euro sub-21 de 2019. O gol da vitória dos georgianos foi marcado por Luka Zarandia no início do segundo tempo, aos 47'.

Foi a terceira derrota faroesa em seis jogos no grupo 3. As Ilhas Faroe ocupam a quinta posição no grupo, com 5 pontos, dois a mais que a Lituânia, última colocada. Os pontos foram obtidos em empates contra Finlândia (1 a 1 em Lahti em setembro de 2017) e Polônia (2 a 2 em Tórshavn em novembro do ano passado), e uma vitória sobre a Geórgia (3 a 1 em outubro). As outras derrotas foram para Lituânia (3 a 0 em Telšiai em junho de 2017) e Dinamarca (0 a 3 em Tórshavn em agosto de 2017).

Os próximos jogos serão contra Finlândia (casa, 8 de junho), Polônia (fora, 7 de setembro), Lituânia (casa, 12 de outubro) e Dinamarca (fora, 16 de outubro).

Só o primeiro colocado se classifica diretamente para o Euro sub-21, que será disputado na Itália (com alguns jogos em San Marino). Os 4 melhores segundos colocados disputam um play-off, que define os dois últimos classificados.

Entre os destaques da seleção sub-21 estão Jákup Thomsen, que joga no Thisted FC, da Dinamarca, Meinhard Olsen (B36) e Jóannes Bjartalíð (KÍ).

Empate contra a Letônia e vitória sobre Liechtenstein, a semana de amistosos da seleção

Preparando-se para a UEFA Nations League, que começa em setembro, as Ilhas Faroe fizeram dois amistosos em Marbella, no sul da Espanha, com dois resultados positivos.

Os titulares contra a Letônia.
Foto: Hans Erik Danielsen
As Ilhas Faroe enfrentaram a Letônia na quinta-feira (22). O adversário é conhecido de confrontos recentes. Nas eliminatórias para a Copa de 2018 as duas seleções estiveram no mesmo grupo, com vitória faroesa em Riga em outubro de 2016 e empate sem gols em Tórshavn um ano depois.

A landsliðið abriu o placar com o capitão Atli Gregersen aos 26'. Após cruzamento de Brandur Olsen pela esquerda, Hallur Hansson cabeceou, a bola bateu em um defensor letão e sobrou para o zagueiro do Víkingur mandar para as redes e comemorar como Cristiano Ronaldo.

Na segunda etapa Jóan Símun Edmundsson quase aumentou em uma forte cabeçada, mas o goleiro Andris Vaņins espalmou. Porém foram os letões que marcaram, poucos minutos depois, aos 69', com Vladislavs Fjodorovs, com assistência de calcanhar de Jevgēņijs Kazačoks.

Nos acréscimos Vaņins ainda defendeu uma bola chutada de fora da área por Hansson, salvando a Letônia da derrota.

Melhores momentos do jogo:



Brandur, Sonni e Kaj Leo.
Foto: Hans Erik Danielsen
No domingo, contra Liechtenstein, o placar foi aberto por Kaj Leo í Bartalsstovu logo aos 11', com um chute de fora da área. Os outros gols só saíram nos minutos finais da partida. Aos 80' Kaj Leo rolou para Brandur Olsen chegar batendo e marcar o segundo, e Sonni Nattestad, aos 85', fez o terceiro.

Betri deildin kvinnur, 3ª rodada: EBS/Skála goleia HB, KÍ vence B36 e ÍF/Víkingur vence a primeira

Enquanto a Betri deildin menn parou por conta dos amistosos da seleção, no domingo (25) aconteceu a 3ª rodada da Betri deildin kvinnur. EB/Streymur/Skála e KÍ mantiveram o 100% antes do primeiro confronto entre as duas equipes.


O que prometia ser o grande jogo da rodada acabou sendo uma partida dominada por um time só, com o EB/Streymur/Skála goleando o HB por 6 a 1 em Streymnes. O time da casa abriu o placar logo no primeiro ataque, com Durita Hummeland e fez o segundo aos 7' com Ansy Sevdal (irmã da Heidi), agora conhecida como Ansy Jakobsen.

Ansy marcou um golaço de cobertura aos 49' e completou seu hat-trick aos 63'. Durita Hummeland fez o seu segundo no jogo três minutos depois, apenas completando cruzamento vindo da direita. O HB diminuiu com Milja Simonsen aos 74'. Birna Mikkelsen (antes conhecida como Birna Johannesen) saiu do banco de reservas e fechou a goleada aos 84', completando cruzamento de Hummeland pela esquerda.



Veja a galeria de imagens do jogo

Foto: Oliver Joensen/Norðlýsið
O KÍ também venceu sua terceira partida, derrotando o B36 no Gundadalur. Sanna Jacobsen abriu o placar aos 5' e Rannvá Andreasen aumentou aos 11'. Malena Josephsen fez o terceiro aos 50'. O time da casa diminuiu com Sigrun Kristiansen aos 63', mas Sanna Jacobsen marcou novamente para as visitantes dois minutos depois. No fim, aos 88', Marjun Danielsen fez o segundo do B36.

Veja a galeria de imagens do jogo

Fechando a rodada, o ÍF/Víkingur venceu sua primeira na temporada, batendo o B68 em Norðragøta por 3 a 1. Hanna Højgaard foi o destaque com dois gols, aos 13' e 40'. Arnborg Lervig, aos 24', fez o outro gol do time da casa. As visitantes diminuíram com Laila Pætursdóttir aos 49'.

Na próxima rodada, que acontece na segunda-feira, tem KÍ - EBS/Skála em Klaksvík. Até lá!

terça-feira, 20 de março de 2018

Sorteados os confrontos da primeira fase da Copa das Ilhas Faroe 2018

Na segunda-feira foram sorteados os confrontos da primeira fase da Copa das Ilhas Faroe, durante a exibição do programa 3-2 da Kringvarp Føroya. O resultado está logo abaixo:

Imagem: Reprodução/KVF
Com a desistência do MB, clube que disputa a 3. deild, o último sorteado (no caso o Víkingur) avançou diretamente para as quartas de final.

Os confrontos serão decididos em jogo único, na casa das equipes à esquerda, no dia 25 de abril, dia da bandeira nas Ilhas Faroe.

Em quase todos há um favorito claro, as exceções sendo B71 - Giza Hoyvík e Skála - 07 Vestur. Os dois primeiros já se enfrentaram na atual temporada, na primeira rodada da 1. deild, com vitória do B71 em Hoyvík por 1 a 0.

segunda-feira, 19 de março de 2018

Betri deildin kvinnur, 2ª rodada: Goleada do HB no clássico de Tórshavn

A segunda rodada da Betri deildin kvinnur teve como destaque o clássico de Tórshavn, vencido tranquilamente pelo HB. EB/Streymur/Skála e KÍ venceram em seus primeiros jogos em casa na temporada.

Foto: Sverri Egholm
O clássico foi o jogo que fechou a rodada, mas vamos começar por ele. O HB abriu dois a zero com menos de dez minutos, primeiro com Milja Simonsen, aos 5', e depois com Janita Ole-Jacobsen, aos 9'. Heidi Sevdal fez o terceiro aos 23' e Julia Naomi Mortensen marcou o quarto aind antes do intervalo, aos 41'. O segundo tempo foi mais tranquilo para o B36, que só sofreu mais um gol, marcado por Milja aos 50'.

O técnico do time alvinegro é Súni Olsen, ainda iniciante na carreira de treinador. Ele deixou o B68 após não conseguir fazer o time retornar à primeira divisão no ano passado.

Ainda é muito cedo, mas essa temporada parece bem mais aberta do que as últimas e esse time do HB é bem promissor. No próximo domingo a equipe visita o EB/Streymur/Skála em seu primeiro grande teste.



Veja a galeria de imagens do jogo

As atuais campeãs venceram o ÍF/Víkingur com gols de Birna Johannesen, aos 24', e Durita Hummeland, aos 58'. As duas também haviam sido os destaques da equipe na primeira rodada.

Foto: Norðlýsið
Já o KÍ venceu por 3 a 0. Sanna Jacobsen abriu o placar aos 24' e Rannvá Andreasen fez os outros dois, aos 43' e 70'. Veja a galeria de imagens do jogo.

Betri deildin menn, 2ª rodada: KÍ assume liderança, HB vence Víkingur

No sábado (17) aconteceu a segunda rodada da Betri deildin menn. O KÍ foi o único time a vencer pela segunda vez e assim assumiu a liderança do campeonato, enquanto HB, TB/FCS/Royn e B36 se recuperaram das derrotas sofridas na primeira rodada.


Mais uma vez o jogo transmitido ao vivo envolveu o KÍ, que visitou o NSÍ em Runavík. O único gol do jogo foi marcado aos 9' por Jóannes Bjartalíð, que apareceu livre para cabecear após cruzamento da direita feito pelo montenegrino Boris Došljak. O time visitante teve outra chance logo depois com o mesmo Bjartalíð, mas o goleiro Thomsen saiu bem e evitou o segundo. Durante o resto da partida o NSÍ tentou pressionar, mas os azuis fecharam bem os espaços. Assim, as únicas chegadas perigosas da equipe da casa eram em bolas lançadas à área, mas nenhuma resultou em chance clara.



Veja a galeria de imagens do jogo

Foto: Sverri Egholm
Outro grande jogo da rodada foi entre HB e Víkingur, em Tórshavn. O time rubro-negro precisava de uma boa exibição diante de sua torcida após a derrota por 0-3 para o KÍ na primeira rodada, e conseguiu. Os visitantes começaram melhor, e após uma boa troca de passes, quase abriram o placar com Gunnar Vatnhamar, mas o capitão Jógvan Rói Davidsen impediu que a bola cruzasse a linha do gol.

O jogo ficou lá e cá e o Víkingur abriu o placar aos 20' com Heðin Hansen, aparecendo na pequena área para completar para as redes uma cobrança de escanteio vinda da direita, enquanto o HB chegou ao empate com Adrian Justinussen não muito depois, aos 29'. O segundo tempo seguiu na mesma toada, com os goleiros realizando grandes defesas, mas o time da casa teve mais competência e chegou à virada aos 77' com um belo gol de John Frederiksen.



Veja a galeria de imagens do jogo


Outra virada aconteceu na partida entre 07 Vestur e TB/FC Suðuroy/Royn, em Sørvágur. O time da casa abriu o placar com o sueco Ken Fagerberg logo aos sete minutos, em bonita cabeçada após cobrança de escanteio vinda do lado esquerdo. Os visitantes não achavam muito espaço e arriscavam chutes de longe, que não levavam perigo ao gol de Stojković, mas o goleiro sérvio cometeu um pênalti, que Stefan Radosavljevic bateu, empatando o jogo aos 25'.

Parecia que a partida terminaria empatada, até que o TB/FCS/Royn teve mais um pênalti a seu favor, já nos acréscimos. Radosavljevic bateu mais uma vez e converteu, garantindo os três pontos para o time da ilha de Suðuroy.



Veja a galeria de imagens do jogo

O B36 se recuperou da derrota sofrida na primeira rodada batendo o Skála fora de casa, com dois gols no início do segundo tempo. No primeiro, aos 47', o goleiro defendeu de forma esquisita a falta batida por Róaldur Jakobsen e Eli Nielsen fez no rebote, de cabeça. Dois minutos depois Meinhard Olsen recebeu cruzamento da direita e, dentro da pequena área, só completou para o gol.

O primeiro zero a zero da temporada aconteceu em Eiði, onde EB/Streymur e AB se enfrentaram. O time da casa foi quem mais teve chances de marcar, a principal delas com Pætur Petersen, que recebeu cruzamento já na entrada da pequena área, mas acabou finalizando por cima do gol.



domingo, 18 de março de 2018

Betri deildin kvinnur, 1ª rodada: Vitórias das visitantes

A liga feminina está de volta! Ganhando cada vez mais espaço, foi incluída no acordo com a Betri e tem pela primeira vez um patrocinador de naming rights. É a Betri deildin kvinnur!

KÍ venceu o ÍF/Víkingur em Norðragøta.
Foto: Norðlýsið
Em uma rodada que começou no domingo (11) e terminou na terça (13), todas as equipes que jogaram fora de casa venceram. O jogo que abriu a temporada foi entre B68 e HB, partida que teve um show de Heidi Sevdal, de volta ao time da capital após ajudar o EB/Streymur/Skála a fazer história no ano passado.

Mesmo jogando em Toftir, o B68 ofereceu pouca resistência e sofreu um gol logo no primeiro minuto, marcado por Heidi. Artilheira do time na temporada passada, Rebekka Benbakoura fez o segundo aos 4'. Heidi marcou mais três vezes, aos 26', 28' e 32'. Outra grande atacante do time, Milja Simonsen fez o seu aos 73' e Rebekka marcou pela segunda vez no jogo aos 82'. Sanna Fossdalsá fez o gol de honra do time da casa aos 88', aproveitando um erro na saída de bola. Porém, Heidi queria mais e ainda marcou aos 90' em cobrança de falta.

No outro jogo do domingo, o ÍF/Víkingur recebeu o KÍ e até saiu na frente, com gol de pênalti de Jensa Tórolvsdóttir aos 8', mas Maria Thomsen empatou para as azuis no minuto seguinte e virou no fim da primeira etapa, aos 45'.

Na terça-feira jogaram as atuais campeãs, que venceram com facilidade o B36 no Gundadalur. Birna Johannesen fez os dois primeiros, aos 38' e 48', Rakul Magnussen fez o terceiro aos 53', Durita Hummeland marcou duas vezes, aos 57' e 67', e Randi Fagradal fechou a goleada aos 72'.

Alguns dos gols de B68 - HB podem ser vistos no vídeo abaixo:



Veja a galeria de imagens do jogo do KÍ

sábado, 17 de março de 2018

Betri deildin menn, 1ª rodada: Inícios arrasadores para NSÍ e KÍ

O campeonato faroês está de volta, agora com um novo nome! A Betri deildin menn teve sua primeira rodada no domingo passado, 11 de março, e já tivemos vários gols, característica da liga faroesa. Foram 15 em 5 jogos, uma média de 3 por partida.


Jogando em casa o AB começou pressionando o 07 Vestur, mas foi a equipe visitante quem marcou primeiro, com Gilli Samuelsen aos 31'. No segundo tempo o time da casa até chegou rápido ao empate, marcando aos 57' com Bárður Olsen, mas depois não conseguiu chegar com tanto perigo perto do gol adversário e arriscou chutes de longa distância, mas não conseguiu a virada.



Veja a galeria de imagens do jogo


No jogo com transmissão ao vivo, o HB recebeu o KÍ no Gundadalur e acabou sendo derrotado facilmente pela equipe visitante. O montenegrino Boris Došljak abriu o placar aos 22', recebendo de costas para o gol e girando para finalizar. À frente no placar, os azuis continuaram melhores e ainda acertaram a trave duas vezes no restante da primeira etapa, mas o segundo só sairia no segundo tempo, aos 60', em cabeçada de Semir Hadžibulić após cobrança de escanteio pela esquerda. Páll Klettskarð pouco tempo depois, aos 64', fez o terceiro.



Veja a galeria de imagens do jogo


Em Eiði, o EB/Streymur enfrentou o B36 e venceu em um jogo bem disputado. Aos 26' Meinhard Olsen dividiu na pequena área e abriu o placar para o time da capital. O time da casa chegou ao empate logo no início da segunda etapa, aos 47', com Rógvi Nielsen. A virada veio aos 57' com Jónstein Magnussen em cobrança de falta, mas o B36 chegou ao empate logo no minuto seguinte, com o estoniano Kaimar Saag marcando em grande estilo, com um toque de letra. Na reta final, o árbitro interrompeu uma jogada em que bola foi às redes para marcar um pênalti (que aparentemente só ele viu) para o EB/Streymur. Ragnar Danielsen bateu, aos 83', e fez o gol da vitória.



Veja a galeria de imagens do jogo

Mesmo jogando fora de casa, o NSÍ atropelou o TB/FC Suðuroy/Royn. Klæmint Olsen abriu o placar aos 17', em cabeçada após cobrança de escanteio, e aumentou aos 21' com um golaço em que mergulhou para atingir a bola com o calcanhar. No segundo tempo, Betuel Hansen, aos 72', e Petur Knudsen, aos 90', transformaram a vitória em goleada.

O atual bicampeão Víkingur não teve vida fácil contra o Skála. Apesar de ter pressionado na maior parte do jogo, o goleiro Elias Rasmussen foi um dos destaques, tendo que defender até um pênalti cobrado por Pætur Jacobsen, aos 30'. O gol da vitória só veio no segundo tempo, com Adeshina Lawal aos 58'.



quarta-feira, 7 de março de 2018

Víkingur vence Supercopa pela 5ª vez consecutiva

O capitão Atli Gregersen ergue a taça da Supercopa.
Para o Víkingur já virou tradição começar a temporada com título. No sábado o time de Norðragøta derrotou o NSÍ nos pênaltis, após empate por 1 a 1, e venceu a Supercopa das Ilhas Faroe 2018. Foi o quinto título da equipe na história da competição, o quinto consecutivo.

O jogo teve pouco público, com aproximadamente 250 pessoas nas arquibancadas do Tórsvøllur. Quem começou melhor foi o NSÍ, que abriu o placar logo aos seis minutos. Após cruzamento de Bárður Hansen pela direita, a defesa tentou afastar e a bola sobrou quase na marca do pênalti para Árni Frederiksberg, que ajeitou e bateu sem tanta força, mas a bola desviou e enganou o goleiro.

Em desvantagem, o atual campeão faroês foi para o ataque e chegou ao empate aos 18'. Após cobrança de escanteio, o zagueiro espanhol Dennis Nieblas sofreu pênalti, Adeshina Lawal bateu, Thomsen defendeu, mas o nigeriano fez no rebote.

No segundo tempo o Víkingur teve mais a bola, mas quando chegava o NSÍ fazia o goleiro Elias Rasmussen trabalhar. Até chegar nas penalidades e ele brilhar ainda mais. Ele defendeu três as cobranças de Øssur Dalbúð, Pól Jóhannus Justinussen e Klæmint Olsen, sendo a última a que garantiu o título.






Jogo completo:



Veja a galeria de imagens do jogo