quarta-feira, 7 de março de 2018

Víkingur vence Supercopa pela 5ª vez consecutiva

O capitão Atli Gregersen ergue a taça da Supercopa.
Para o Víkingur já virou tradição começar a temporada com título. No sábado o time de Norðragøta derrotou o NSÍ nos pênaltis, após empate por 1 a 1, e venceu a Supercopa das Ilhas Faroe 2018. Foi o quinto título da equipe na história da competição, o quinto consecutivo.

O jogo teve pouco público, com aproximadamente 250 pessoas nas arquibancadas do Tórsvøllur. Quem começou melhor foi o NSÍ, que abriu o placar logo aos seis minutos. Após cruzamento de Bárður Hansen pela direita, a defesa tentou afastar e a bola sobrou quase na marca do pênalti para Árni Frederiksberg, que ajeitou e bateu sem tanta força, mas a bola desviou e enganou o goleiro.

Em desvantagem, o atual campeão faroês foi para o ataque e chegou ao empate aos 18'. Após cobrança de escanteio, o zagueiro espanhol Dennis Nieblas sofreu pênalti, Adeshina Lawal bateu, Thomsen defendeu, mas o nigeriano fez no rebote.

No segundo tempo o Víkingur teve mais a bola, mas quando chegava o NSÍ fazia o goleiro Elias Rasmussen trabalhar. Até chegar nas penalidades e ele brilhar ainda mais. Ele defendeu três as cobranças de Øssur Dalbúð, Pól Jóhannus Justinussen e Klæmint Olsen, sendo a última a que garantiu o título.






Jogo completo:



Veja a galeria de imagens do jogo

Nenhum comentário:

Postar um comentário