domingo, 29 de outubro de 2017

Temporada histórica: EBS/Skála conquista a 1. deild kvinnur e completa a dobradinha


Depois de quatro temporadas consecutivas como vice-campeão, o EB/Streymur/Skála finalmente conquistou a 1. deild kvinnur, dando fim à sequência de 17 títulos consecutivos do KÍ.

A equipe já havia conquistado também a Copa Faroesa Feminina, vencendo o HB na final por 3 a 2, e eliminando o KÍ nas semifinais, deixando-as fora de uma final pela primeira vez desde 1998. Se cada conquista foi histórica, a temporada foi ainda mais por deixar as azuis de Klaksvík de mãos vazias.

O jogo que selou o título na liga foi uma final em campeonato de pontos corridos, com a vantagem do empate para o EBS/Skála. Jogando em Eiði, a equipe ficou em desvantagem aos 39', quando Malena Josephsen abriu o placar. Ainda no primeiro tempo, aos 45', Heidi Sevdal empatou, e virou no segundo, aos 77'. O fim de jogo foi dramático. Rannvá Andreasen empatou tudo aos 86', mas o time da casa suportou a pressão e pôde soltar o grito de campeão pela primeira vez.


Desde que foi formado, em 2013, o EBS/Skála se colocou como o grande concorrente do KÍ. O grande diferencial nesta temporada foi sem dúvida a aquisição da ex-HB Heidi Sevdal, artilheira em 2013, 2014 e 2015 e melhor jogadora da liga em 2015.

A atacante terminou a temporada com 33 gols em 19 jogos, consagrando-se mais uma vez como a artilheira. Mas ainda contou com a ajuda de seu ex-time. O KÍ era o líder da liga até tropeçar duas vezes no HB, empatando em Tórshavn em 1-1 em 3 de setembro e perdendo em casa por 0-4 em 1 de outubro.

Com o título, o EBS/Skála ganhou o direito de disputar a UEFA Women's Champions League, e será apenas a segunda equipe a representar as Ilhas Faroe na competição.



Veja a galeria de imagens do jogo e da comemoração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário