terça-feira, 30 de junho de 2015

Irmãos Cieślewicz saboreando o confronto europeu

Na véspera do jogo entre B36 e The New Saints pela primeira fase preliminar da UEFA Champions League, os correspondentes da UEFA nas Ilhas Faroe e País de Gales conversaram com os irmãos Cieślewicz sobre o curioso confronto!

"A mãe não sabe qual time apoiar", disse Łukasz Cieślewicz, após o B36 Tórshavn ser sorteado contra o The New Saints FC - o time em que seu irmão mais novo Adrian joga.

por Hans Pauli Joensen & Mark Pitman

O atacante do TNS Adrian Cieślewicz vai jogar contra seu irmão Łukasz pela primeira vez.
"A mamãe já disse que não virá para o estádio, porque ela não sabe qual equipe apoiar", revelou Łukasz Cieślewicz depois que o campeão faroês B36 Tórshavn foi sorteado contra o campeão da tríplice coroa galesa The New Saints FC na primeira fase preliminar da UEFA Champions League - um time que conta com seu irmão mais novo Adrian.

"Estou animado com o embate", disse o ex-atacante do Wrexham AFC Adrian, falando ao UEFA.com. "Será a primeira vez que eu jogo contra o meu irmão em um jogo competitivo. É um bom sorteio, mas é decepcionante que um de nós sairá da competição na rodada de abertura."

O jogador de 24 anos de idade - que jogou pelo B36 na última temporada depois de deixar o Kidderminster Harriers FC - vai revisitar seu ex-clube e enfrentar o seu irmão quando o TNS viajar às Ilhas Faroe para jogar a primeira partida no estádio Tórsvøllur em 1 de julho, antes da volta no Park Hall em 7 de julho.

Tendo participado na primeira fase preliminar da UEFA Europa League na temporada passada ao lado de seu irmão, quando o B36 foi eliminado por 3-2 no agregado pelo Linfield FC da Irlanda do Norte, Adrian agora se prepara para enfrentar Łukasz na competição de elite da Europa: "Eu experimentei jogar na Europa League com o B36 na temporada passada, e eu estou realmente ansioso para jogar na Liga dos Campeões desta vez."

Łukasz, 27, também está curtindo o embate e a chance de enfrentar seu irmão mais novo. "Vai ser divertido jogar contra ele", o ex-jogador do Brøndby IF disse ao UEFA.com. "Ano passado nós jogamos juntos no mesmo time pela primeira vez e agora iremos jogar contra o outro pela primeira vez. Mas, para ser honesto, estou me preparando da mesma forma para este jogo como eu faria com qualquer outro."

Apesar dos dois terem nascido na Polônia, eles cresceram nas Ilhas Faroe e aplicaram para a cidadania a fim de realizar seu sonho de representar a nação a nível internacional. Seu vínculo com as ilhas começou em 1999, quando seu pai, o atacante Robert, foi para o ÍF Fuglafjuørður antes de mudar para o VB Vágur - vencendo o campeonato de 2000 e marcando oito gols no processo.

Ambos os filhos também experimentaram o título, Łukasz se provando uma figura-chave para o B36 nas campanhas de triunfo em 2011 e 2014. Adrian desempenhou um papel menor ano passado depois de chegar no verão, mas ele sente confiante que seu novo clube será favorito contra seus oponentes a tempo parcial.

"Nós podemos jogar o nosso próprio estilo de futebol contra uma equipe como o B36 e eu acho que eles terão de adaptar o seu jogo contra nós, assim como o TNS teve de fazer frente a equipes mais fortes em jogos europeus anteriores."

Enquanto isso, Łukasz prevê um confronto difícil contra o time do seu irmão, com o prêmio em oferta sendo um encontro com o campeão húngaro Videoton FC na segunda fase preliminar: "Eu acho que eles são os favoritos, mas temos uma chance e vamos fazer de tudo para chegar à próxima rodada."

Leia a versão original (em inglês) no site da UEFA

Nenhum comentário:

Postar um comentário