sábado, 23 de abril de 2016

B36 marca gol aos 11 segundos, vence e ultrapassa NSÍ


Na quinta-feira, em mais uma partida transmitida ao vivo pela FSF, o B36 recebeu o NSÍ e venceu por 3 a 1.

O time da casa abriu o placar com Sebastian Pingel logo aos 11 segundos de jogo (menos tempo que Conor McGregor levou pra nocautear José Aldo) após um vacilo dos visitantes na saída de jogo. Esse gol pode ser um recorde do futebol faroês.

Aos 20', Jákup á Borg sofreu pênalti e na cobrança Róaldur Jakobsen aumentou a vantagem. No último lance do primeiro tempo, Klæmint Olsen diminuiu em um chute de fora da área que desviou na marcação.

Mas no início da segunda etapa, aos 60', Lukasz Cieslewicz avançou pelo lado esquerdo, entrou na área e tocou na saída de Símun Rógvi Hansen para recolocar a vantagem em dois gols de diferença.

O B36 chegou a 14 pontos e ultrapassou o NSÍ, que perdeu o segundo jogo consecutivo. A equipe de Runavík está na quarta posição com 12 pontos.

DETALHES DO JOGO

B36 3-1 NSÍ
Estádio: Gundadalur, Tórshavn
Público: 650

Gols:
B36 - Sebastian Pingel 1', Róaldur Jakobsen 21' (p) e Lukasz Cieslewicz 60'
NSÍ - Klæmint Olsen 45'

Cartão amarelo: Høgni Madsen (B36, 37')

Estatísticas: Faroe Soccer

Jogo completo:



Veja a galeria de imagens do jogo

Um comentário:

  1. Legal! Em 2014 assisti a um jogo do B36 nesse mesmo estádio. Repare que, no intervalo, o costume local é que o campo fique liberado para as crianças, que invadem o espaço para brincar e, eventualmente, socializar com os jogadores. A criançada faz a festa!
    http://bit.ly/B36XAB

    ResponderExcluir