quarta-feira, 4 de abril de 2018

Betri deildin menn, 3ª rodada: Clássico emocionante, KÍ vence mais uma, NSÍ bate Víkingur

Por causa da Páscoa, feriado muito comemorado nas Ilhas Faroe, a 3ª rodada da Betri deildin menn só aconteceu na segunda-feira. Nenhum time mandante conseguiu vencer.

O atual campeão Víkingur saiu atrás no placar logo aos oito minutos, quando o NSÍ marcou com Jóhan Davidsen. O mesmo Davidsen cometeu pênalti em Andreas Lava Olsen, mas Adeshina Lawal mandou a cobrança na trave aos 13'. E a situação ficou ainda pior para o time da casa. Klæmint Olsen aumentou aos 32' de cabeça, recebendo cruzamento de Jens Joensen pelo lado esquerdo.

O Víkingur diminuiu aos 56' com Lava Olsen, que recebeu de costas para a meta, girou e mandou pro gol. Na parte final do jogo, aos 75', Hans Jørgen Djurhuus foi expulso e o time da casa nao conseguiu buscar o empate.

Deni Pavlović (à esquerda) fez o gol da vitória do KÍ.
Foto:  Oliver Joensen
O KÍ manteve o 100% de aproveitamento vencendo o TB/FC Suðuroy/Royn com gol do sérvio Deni Pavlović de cabeça aos 24'. Pelas fotos na galeria de imagens parece que cada time ainda colocou uma bola na trave, a do time de Klaksvík em jogada semelhante à do gol.

Petersen foi o destaque da vitória do EB/Streymur.
Tentando vencer a primeira, o 07 Vestur recebeu o EB/Streymur. O placar foi aberto logo aos sete minutos, após erro defensivo do time da casa, os visitantes marcaram com Pætur Petersen. No segundo, aos 34', a bola foi tocada de pé em pé até Petersen ficar na cara do gol e mandar por baixo das pernas do goleiro. Ainda no primeiro tempo, aos 41', Leif Niclasen fez o terceiro. Aparentemente com a bola dominada, o senegalês Ndende Adama Guéye escorregou e Petersen tocou para o companheiro mandar para as redes. Veja a galeria de imagens do jogo.


Vindo de dois empates, o AB também tentava vencer sua primeira partida na temporada, mas quem fez isso foi o Skála, que ainda não havia marcado no campeonato. Brian Jacobsen abriu o placar aos 13' e Niels Pauli Danielsen fez o segundo aos 37'. O time visitante ainda terminou a partida com um jogador a menos, após a expulsão de Ólavur Mikkelsen aos 78'. Veja a galeria de imagens do jogo.

Teitur Gestsson foi o grande nome do jogo.
O grande jogo da rodada foi mesmo o clássico de Tórshavn. A expectativa era grande antes da bola rolar, e em campo os times corresponderam. O B36 ccmeçou melhor e abriu o placar aos 29' com Meinhard Olsen. Em cobrança de escanteio, a bola foi afastada parcialmente, mas na segunda tentativa de mandar a bola pra área, o meia-atacante da equipe alvinegra se desmarcou e emendou de primeira.

Meinhard Olsen sendo abraçado pelos companheiros após o gol.
O time do técnico Jákup á Borg teve a chance de aumentar no início do segundo tempo, aos 49', com um pênalti a favor. Róaldur Jakobsen mandou no canto esquerdo de Teitur Gestsson, e esse fez defesa, ainda parando o remate do estoniano Kaimar Saag no rebote.

Pouco tempo depois, aos 53', Teit Jacobsen cruzou da direita para Símun Samuelsen, quase na marca do pênalti, mandar para o gol. Foi o de número 400 do HB na história do clássico e não havia ninguém mais apropriado do que o veterano, um dos principais jogadores da equipe campeã em 2013, para marcar.

Símun Samuelsen marcou o gol 400 do HB na história do clássico.
No fim, aos 85', mais um pênalti para os tigres brancos. Mudou o batedor (dessa vez foi Meinhard Olsen) mudou o canto, mas o resultado foi o mesmo: defesa de Teitur Gestsson.

O HB continua sem vencer o B36 (a última vez foi em outubro de 2014), mas terminou a partida quase com gosto de vitória. O curioso é que a sequência negativa do time rubro-negro não significa uma "freguesia", desses 12 jogos sem derrotar o rival, já incluindo o desta rodada, foram 8 empates e uma das derrotas foi na prorrogação, em jogo das semifinais da Copa das Ilhas Faroe do ano passado.

Veja a galeria de imagens do jogo

Os gols da rodada:


Nenhum comentário:

Postar um comentário